Siga-nos nas redes sociais

Alentejo

Espanha elimina prémio nacional das touradas

Publicado há

no dia

Pega Forcados Vila franca de xira Foto Frederico Henriques

Esta sexta-feira, o Governo espanhol tomou uma medida que está a gerar um intenso debate em todo o país. O Ministério da Cultura anunciou o cancelamento do prémio nacional das touradas, uma decisão que está a causar uma onda de críticas por parte dos conservadores.

A tourada, uma tradição profundamente enraizada na cultura espanhola, é vista por alguns como uma forma de arte e um elemento fundamental da identidade do país. No entanto, nos últimos anos, tem sido alvo de crescentes preocupações em relação ao bem-estar animal.

A prática das touradas, em que o animal é muitas vezes morto por uma espada empunhada por um toureiro, tem sido duramente contestada por grupos de defesa dos direitos dos animais e por uma parte significativa da sociedade espanhola. Para estes críticos, as touradas representam um ritual cruel e arcaico que não tem lugar numa sociedade moderna e compassiva.

O cancelamento do prémio nacional das touradas foi justificado pelo Ministério da Cultura como uma resposta à evolução da consciência social e cultural em Espanha. Com a diminuição da frequência das touradas nas praças de touros em todo o país, a preocupação com o bem-estar dos animais tem vindo a aumentar.

“Esta decisão reflete a nova realidade social e cultural em Espanha. Cada vez mais espanhóis questionam a prática da tortura animal em nome da tradição”, afirmou o ministro da Cultura, Ernest Urtasun, numa publicação na rede social ‘X’.

No entanto, a medida foi recebida com indignação por parte dos conservadores, que consideram as touradas como um elemento crucial da herança cultural espanhola. Muitos argumentam que a abolição do prémio nacional das touradas é um ataque à identidade e às tradições do país.

O debate em torno das touradas continua a dividir a sociedade espanhola, com argumentos apaixonados de ambos os lados. Enquanto alguns saúdam a decisão do Governo como um passo na direção certa em termos de bem-estar animal, outros veem-na como uma interferência injustificada nas tradições culturais do país.

Alto Alentejo

Museu da Tapeçaria de Portalegre – Guy Fino celebra 23º aniversário com programação especial

Publicado há

no dia

por:

mtp 23

O Museu da Tapeçaria de Portalegre – Guy Fino está prestes a completar 23 anos e preparou uma celebração especial ao longo de dois dias, nos próximos 14 e 15 de julho. As comemorações incluem visitas gratuitas às exposições durante todo o dia de domingo, culminando com a inauguração da exposição “Donde las flores se convierten…” às 16h30.

No mesmo dia, às 21h45, o museu vai para as ruas com “Tapeçaria de Portalegre: a História, o processo e a Obra”, um espetáculo de vídeo mapping, bailado e violino junto à Câmara Municipal. A festa continua na segunda-feira com o Espetáculo Musical “Viagem”, às 21h30, seguido por uma nova apresentação do espetáculo de vídeo mapping às 22h30.

Estas celebrações coincidem com uma candidatura em curso para a Valorização, Promoção, Divulgação e Projeção da Tapeçaria de Portalegre, visando fortalecer o seu reconhecimento nacional e internacional e impulsionar o turismo na região do Alentejo.

Continuar a ler

Portugal

Bombeiros de Mourão sob suspeita de burla tributária: Recurso a subsídios de desemprego questionado

Publicado há

no dia

por:

bombeiro

No dia 8 de julho de 2024, no âmbito de um inquérito dirigido e investigado pelo DIAP Regional de Évora, realizaram-se 8 buscas domiciliárias e uma busca não domiciliária na área do Município de Mourão, sendo esta última numa corporação de bombeiros. A investigação incide sobre a prática de crimes de burla tributária à Segurança Social, suspeitando-se que, durante um período prolongado, os envolvidos simularam suspensões e cessações de contratos de trabalho. Esta fraude permitiu o recebimento indevido de subsídios de desemprego pagos pela Segurança Social.

As diligências resultaram na recolha de prova documental e digital significativa, essencial para o apuramento dos factos. A operação foi executada com o apoio da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Évora. A busca não domiciliária foi presidida por um magistrado do Ministério Público e contou com a presença de uma Técnica Superior do Instituto da Segurança Social.

A Associação Humanitária dos Bombeiros de Mourão, sob investigação por suspeita de burla tributária, alegou que recorreu ao subsídio de desemprego devido a dificuldades financeiras para evitar o encerramento das suas atividades. Os factos sob suspeita ocorreram em dois períodos diferentes, 2011/2012 e 2019, quando a corporação enfrentava graves dificuldades financeiras.

Para evitar dispensar pessoal e encerrar, alguns funcionários foram informados que não podiam receber salários e solicitaram o subsídio de desemprego. Posteriormente, esses funcionários foram reintegrados através de um programa do IEFP, com a associação a complementar o valor do subsídio até atingir o salário habitual.

Continuar a ler

Alentejo Litoral

Festival das Cores com música, arte, gastronomia e muita animação em Vila Nova de Santo André

Publicado há

no dia

por:

202407 FESTIVAL DAS CORES ST ANDRE1 e1720692185906

O Festival das Cores está de volta ao Parque Central de Vila Nova de Santo André, de 12 a 14 de julho, para celebrar a sua 10.ª edição. Com uma programação rica e diversificada, este evento promete trazer muita cor, música, arte, gastronomia e animação para todos os visitantes. A entrada é livre.

A edição deste ano apresenta uma grande novidade: a existência de dois palcos, permitindo música ininterrupta durante os três dias do festival. Os cabeças de cartaz incluem Soraia Ramos, Papillon e Wet Bed Gang. Além deles, outros artistas como Caravana, Aléxia, Mistiçu, Dj FVbricia, Richfellaz, Dj Makesense, Dj Stá, Dj Damn Sisters, Bigup Reggae Tribute Band e The Bagattels também garantirão um ambiente vibrante, com ritmos que vão do reggae ao hip-hop e rock.

Para as famílias, o festival apresenta o Espaço Criança, uma das novidades deste ano, e o Espaço Artes, que destacará uma exposição de fotografia, além da já tradicional presença da pintura. Na Jam Graffiti, mestres desta arte trabalharão ao vivo e oferecerão workshops para quem quiser aprender a técnica do graffiti. Complementando o programa, haverá uma Festa da Espuma, escorrega de água, pinturas faciais e arruadas.

O festival também contará com a presença de artesãos locais e o Espaço Refeição, que trará diferentes propostas gastronómicas e sabores de várias partes do mundo. Além de toda a diversão, o evento terá uma componente educativa e ambiental, com a presença do CRASSA – Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André, e o coletivo GAIO, que abordará temas relacionados com o desenvolvimento humano e social.

Organizado pela associação ArteCorGeração, em parceria com a Câmara Municipal de Santiago do Cacém e a Junta de Freguesia de Santo André, o Festival das Cores é um evento que promove a cultura e a comunidade, proporcionando um espaço de encontro e celebração para todos.

Para mais informações e o programa detalhado, visite o site oficial: cm-santiagocacem.pt.

Não perca esta oportunidade de viver momentos inesquecíveis no Festival das Cores 2024!

Continuar a ler

Alentejo Litoral

Noites de Baco regressam a Alcácer do Sal com duas datas neste verão

Publicado há

no dia

por:

Imagem mural Noites de Baco 2024 scaled e1720691876784

As aclamadas Noites de Baco estão de volta a Alcácer do Sal, com duas datas marcadas para este verão. A Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal será o palco deste evento nos dias 13 de julho e 17 de agosto, pelas 21h. Organizada pelo Setor de Arqueologia da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, esta iniciativa promete uma experiência única que combina história, vinho e música.

No dia 13 de julho, a cantora e autora Cristina Clara abrirá as festividades. Com uma carreira musical de 20 anos, Cristina Clara já atuou em palcos de renome, como o Festival Nos Alive, Teatro da Trindade e o Atlantic Music Expo em Cabo Verde. Recentemente, destacou-se como uma das autoras convidadas para o Festival da Canção.

Já no dia 17 de agosto, a Cripta acolherá o duo “Sambacalao”, formado por Diogo Picão e Olmo Marín. Diogo Picão, músico, compositor e letrista, lançou recentemente o álbum “Palavras Caras”, um disco Antena 1 que conta com a participação de Salvador Sobral, Luca Argel e Mônica Salmaso. Olmo Marín, originário do País Basco, reside em Portugal há cerca de 10 anos e é conhecido pela sua música diversificada, influenciada pela cultura portuguesa e pelos diversos estilos musicais presentes em Lisboa.

As Noites de Baco visam conciliar o património histórico-arqueológico da Cripta com a cultura enológica, proporcionando aos visitantes uma experiência completa com prova de vinhos, visita gratuita à Cripta e um ambiente musical distinto. Esta iniciativa não só destaca o património de Alcácer do Sal, mas também promove o melhor da produção vinícola do concelho, integrada na rica cultura musical.

Não perca a oportunidade de vivenciar estas noites mágicas, onde a história e a enologia se encontram num cenário único, enriquecido pela presença de artistas de renome.

Continuar a ler

ÚLTIMAS 48 HORAS