Siga-nos nas redes sociais

Portugal

Vídeo : Operação Natal e Ano Novo já está na estrada

Publicado há

no dia

A Guarda Nacional Republicana (GNR), inicia a partir de hoje e até ao dia 02 de janeiro de 2023, a Operação “Natal e Ano Novo 2022”, com o objetivo de combater a criminalidade e intensificar o patrulhamento rodoviário nas vias de maior tráfego durante este período, de forma a garantir as festividades e as deslocações em segurança, em todo o território nacional.

Tendo em consideração que o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária constitui uma prioridade estratégica, a Guarda intensificará o policiamento tendo em conta o maior fluxo rodoviário nos trajetos dos locais de residência habitual dos cidadãos para os locais de festividades associadas às comemorações do Natal e do Ano Novo.

A Operação Natal e Ano Novo 2022 pretende cumprir dois grandes objetivos, de acordo com o empenhamento e os períodos de esforço da operação:

  • A diminuição da criminalidade geral, com ênfase na prevenção de ilícitos criminais, através de ações de sensibilização e patrulhamento (comércio seguro e residência segura) e o reforço do policiamento de proximidade junto das pessoas mais vulneráveis.
  • A diminuição da sinistralidade rodoviária, através de ações de fiscalização orientadas para os locais de maior fluxo rodoviário, especialmente nos períodos do Natal e do Ano Novo.

Numa primeira fase, de prevenção e sensibilização, antes das festividades do Natal e do Ano Novo, a Guarda aconselha:

Quando se ausentarem das suas casas, por vários dias, informar a autoridade policial da sua zona de residência, para que se consiga orientar o patrulhamento para estes locais;
Se estiver instalado um sistema de alarme em casa ou no estabelecimento, verificar se está devidamente ligado antes de saírem;
Evite o crime de oportunidade: não deixe portas e janelas abertas;
Não deixar escritos ou sinais na porta, nas janelas ou na caixa de correio que indiquem a sua ausência;
Não deixar acumular correspondência na caixa de correio.

Numa segunda fase, haverá dois períodos de esforço, nomeadamente o período do Natal (entre o dia 22 de dezembro e o dia 26 de dezembro de 2022) e o período de Ano Novo (entre o 29 de dezembro e 02 de janeiro de 2023).

A Guarda estará particularmente atenta aos comportamentos de risco dos condutores, nomeadamente o excesso de velocidade, as manobras perigosas, a correta sinalização e execução de manobras de ultrapassagem, de mudança de direção e de cedência de passagem, a utilização indevida do telemóvel, à circulação correta na via mais à direita em autoestradas e itinerários principais e complementares, bem como à incorreta ou à não utilização do cinto de segurança e/ou dos sistemas de retenção para crianças.

Para que os condutores possam usufruir de uma época festiva em segurança, a Guarda aconselha a que:

Efetuem um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos do dia onde se prevê maior intensidade de tráfego;
Descansem convenientemente antes de efetuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sintam necessidade, façam paragens para descansar;
Adequem a velocidade às condições meteorológicas, ao estado da via e ao volume de tráfego rodoviário;
Evitem manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou que, de alguma forma, possam originar acidentes;
Adotem uma condução atenta, cautelosa e defensiva, contribuindo para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária. O objetivo é que esta quadra natalícia e a entrada no novo ano, sejam períodos caracterizados pela união das famílias, em segurança.

Portugal

Enfermeiras portuguesas morrem em acidente nos EUA

Publicado há

no dia

por:

morte

Duas jovens enfermeiras portugueses morreram num acidente de carro em Los Angeles, na passada sexta-feira. Viajavam com mais três pessoas no carro quando colidiram violentamente com um veículo pesado, ao que tudo indica um autocarro.

Segundo o avançado pelo Jornal de Notícias, Raquel Moreira, uma das vítimas era natural de Arouca, conhecida por ser uma pessoa alegre e boa enfermeira, tinha viajado para o Reino Unido em busca de melhores oportunidades profissionais.

Já Tatiana Brandão era de Guimarães e trabalhava em Southampton. As raparigas passavam férias juntas no estado norte-americano do Arizona.

Ambas foram homenageadas nas redes sociais. O Ministério dos Negócios Estrangeiros está a fornecer apoio documental às suas trasladações.

Continuar a ler

Portugal

Vídeo: Bebé nasce nos escombros de edifício na Síria

Publicado há

no dia

por:

Sem Titulo 2

© Reprodução/Twitter

Uma mulher grávida deu à luz enquanto estava presa nos escombros após um sismo em Alepo, na Síria. As equipas de socorro encontraram a mãe morta, mas o recém-nascido foi resgatado com vida.

O vídeo do momento em que o bebê é resgatado foi compartilhado nas redes sociais, mostrando a destruição causada pelo sismo. A identidade da mulher não foi revelada.

Continuar a ler

Portugal

Mãe entrega filho fugido às autoridades

Publicado há

no dia

por:

presos

Um homem procurado desde sábado foi capturado na madrugada desta terça-feira após a sua mãe o ter entregue às autoridades, nas urgências do hospital de São José, em Lisboa.

O homem, chamado Adiel Cabingano, estava em fuga da cadeia de Linhó, em Sintra, onde estava a cumprir uma pena de dez anos por furtos e roubos. Tinha sido colocado em regime aberto para trabalhar como pastor de cabras, mas fugiu ilegalmente durante o trabalho.

A mãe levou-o ao hospital para avaliação em psiquiatria e notificou a PSP. A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais foi imediatamente informada e enviou equipas para o local. Após receber tratamento no hospital, Adiel foi levado novamente para a prisão.

Uma investigação interna será realizada para apurar as circunstâncias da fuga.

Continuar a ler

Portugal

Ana Luísa Assis é a primeira mulher motorista do Município de Alcácer do Sal

Publicado há

no dia

por:

D53I6646 scaled

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal conta, desde o dia 23 de janeiro de 2023, com o contributo da primeira mulher motorista da história do Município. Ana Luísa Assis, a exercer funções na autarquia desde maio de 2014, descreve o significado que tem para ela exercer estas funções como “um orgulho” por poder dar de si à terra que a viu nascer e crescer. Afirma, ao mesmo tempo, que o caminho para chegar até aqui foi “muito longo, com muito trabalho, sacrifício físico e monetário”, mas que olha para trás e sente que “valeu a pena”.

Ana Assis dirigiu ainda uma palavra de agradecimento a todas as pessoas que a ajudaram a trilhar este percurso, especialmente aos pais, e ao Município de Alcácer do Sal, pela oportunidade que lhe deu para cumprir um sonho de menina. 

Continuar a ler

ÚLTIMAS 48 HORAS